03 outubro 2016

Doenças relacionadas a problemas no útero – Saiba como se prevenir


Doenças no útero

O útero é uns dos órgãos mais importantes que uma mulher possui, por isso, deve ser cuidado adequadamente, para não correr o risco de se contrair doenças, as quais, possam causar sérios problemas no organismo da mulher, desde o câncer, até mesmo a infertilidade, ou seja, a incapacidade do corpo feminino em engravidar.

Para evitar com que isso aconteça, existem algumas indicações que o útero fornece para as mulheres, as quais, demostram que ele não está funcionando adequadamente e algo deve ser feito para resolver o problema.

Assim, esse texto vai dar algumas informações sobre as doenças mais comuns que um útero pode contrair e como perceber alguns sinais que evitam o aparecimento dessas enfermidades. Quer saber mais sobre isso? Então, acompanhe o nosso texto até o final.

Dor no momento da penetração
Um primeiro sinal de que o útero não está funcionando como deveria é: se você tiver dor no momento da penetração, já que, o sexo deve ser algo agradável e não dolorido.

Menstruarão atrasada ou com grande quantidade de sangue
Um segundo aspecto que deve ser reparado e que pode indicar um problema no útero é: caso a sua menstruarão esteja muito atrasada ou ainda, se ela vier com muito sangue.
Essas são duas características incomuns e que devem ligar o seu sinal de alerta a respeito do que ocorre em seu útero.

Cólicas muito intensas
Apesar das cólicas serem dores normais, que toda mulher deve conviver, se elas forem muito intensas, a ponto de fazer você vomitar de dor, existe algo errado e que deve ser averiguado.
Esses são três dos sinais, os quais, indicam que o seu útero não está funcionando adequadamente e caso esse problema não seja solucionado, pode causar algumas enfermidades, como:

Mioma
Que é um tumor benigno que fica escondido no útero e pode causar uma série de complicações, se não for tratado no tempo correto, por exemplo, eliminando o estrogênio do corpo feminino.
A falta desse hormônio pode causar uma série de complicações físicas, inclusive a infertilidade, por isso, essa doença deve ser solucionada no tempo mais breve possível, para não se alongar e ter consequências ainda mais sérias para o corpo feminino.

Endometriose
A endometriose ocorre quando as paredes do útero, ou o endométrio, não são eliminadas pela menstruação e acabam se alojando em locais inadequados, como por exemplo, nos ovários, isso acaba sendo prejudicial para a produção dos óvulos e acaba gerando a infertilidade, em casos mais graves da doença. A endometriose também afeta o ciclo menstrual e o período fértil.
O tratamento é feito à base de remédios ou cirurgia, dependendo do tipo de caso.

Sinéquia
É quando as paredes do útero grudam, impedindo a passagem de qualquer elemento. O tratamento é cirúrgico.

Pólipos
Pequenos tumores ou infecções que se forma na parede do útero, são removidos por meio de um microcirurgia.

Câncer de colo do útero
O HPV é a causa, quando não for tratado a tempo, pode evoluir para câncer uterino. Para evitar isso, deve-se manter o Papanicolau em dia.

Denise Coelho é blogueira e médica ginecologista e obstetra. Apaixonada por internet e por sua profissão, criou o blog para auxiliar mulheres, mamães ou não, a cuidarem melhor da saúde.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NEW CHIC

Copyright © 2015 | Design: Manu Scharam | Código: Sanyt Design | voltar ao topo