07 janeiro 2016

CRIANÇA X ESCOLA

Oi, gente. Tudo bem?
Eis que estou aqui novamente, e agora com a corda toda. Fim de ano foi hiper corrido pra mim por isso fiquei meio afastada do blog, mas agora voltei, e voltei com um assunto totalmente novo pra mim mesma e quero compartilhar com vocês.  O ano mal começou e eu já estou quase enlouquecendo, o motivo disso tudo é que a Clarinha volta para a escola mês que vem e eu tenho que providenciar material escolar, kit higiene, uniforme, mochila e afins.
Clarinha estuda em uma escola particular desde a metade do ano passado, mas como ela iniciou já na metade do ano eu nem precisei comprar material escolar. Então pra mim tudo é novidade agora. Eu estou babando em tanta variedade e tentando me controlar.
 Eu sempre fui a favor de crianças frequentarem a escola desde cedo, pois no meu ver a criança se desenvolve melhor, aprende a lidar com coisinhas do dia a dia, e tem uma rotina (a qual era meio bagunçada quando eu ficava em casa com ela). Não julgo mães que preferem ficar em casa com os filhos até eles iniciarem na pré-escola, mas cada mãe é cada mãe, eu por minha vez, acredito que criança tem que “desbravar” o mundinho que está aí pra ser conhecido, e eu fiz isso, coloquei Clarinha um tanto quanto cedo na escola (1a3m), não tive problema nenhum em deixar ela, pois eu sabia que seria melhor para ela em vários aspectos,  e também não saí triste da escola no primeiro dia em que a deixei lá, pois ela foi feliz da vida e voltou pra casa mais feliz ainda, então só ganhei nesse quesito.
 Enfim, quando eu precisei voltar a trabalhar, liguei em diversas escolas para tirar duvidas e já no telefone eu me desanimava, pois a visita tinha que ser com horário marcado, outras escolas eram distantes demais da minha casa... Até que liguei na escola que atualmente a Clarinha estuda, e tcharam no telefone eu já adorei, o atendimento foi excelente e quando eu fui conhecer a escola eu me encantei! Decidi colocar ela nessa escola por vários requisitos, primeiramente a alimentação, isso pra mim sempre foi o principal. Meu grande medo era colocar a Clarinha em uma escola que a alimentação deixasse a desejar, pois sempre cuidei muito disso, a alimentação da Maria Clara é algo que sou muito conservadora. Aí vem todo o resto, na escola tem aula de musicalização, karate, inglês, espanhol, e vem diversas  apostilas. Tem todo um cronograma a ser seguido, e que eu acho ótimo.
Aí você pensa: isso tudo para uma criança de apenas 1 ano e 3 meses? Ela nem aprender vai..
Engano seu! Aprende sim, e aprende muito.

Experiência de Pais com crianças na escola


Clarinha em 5 meses na escola deu um salto em vários aspectos que me deixa boquiaberta! Eu nunca imaginei que uma escola faria tão bem assim para uma criança, Agora ela completou 1 ano e 9 meses, mas já sabe cantar cantigas inteiras, conta de 1 a 10, sabe me dizer o que quer e o que também não quer, tem discernimento em muitas coisas e o melhor de tudo: ela ADORA ir pra escola.
Quando eu fui à reunião de pais buscar o portfólio dela e conversar com as professoras, voltei para casa com lagrimas nos olhos. Foi só elogios, e assim como eu, as professoras mencionaram o desenvolvimento que ela teve nesse curto período. O que me deixou super feliz é saber do bom entrosamento que ela tem com os coleguinhas, como ela respeita todos e se alimenta bem. Isso são coisas que para uma mãe vale muito.
Clarinha fica das 8h00 as 18h00 na escola, quando eu chego para busca-la, ela está tomada banho, cheirosinha e jantada, uma mão na roda pra mim, embora ela chegue em casa no pique ainda, mas janta,  toma o leitinho, pega a naninha e capota.
Mês que vem inicia as aulas e eu tô super ansiosa, quero saber se vai continuar os mesmos coleguinhas e professoras.  E ela também já está ciente que logo voltara para a escola.

Experiência de Pais com crianças na escola

Minha opinião: compensa sim deixar a criança em uma escola de bom ensino. Eu vejo como um investimento na educação da minha filha, estou tirando o valor do bolso direito para repassar no bolso esquerdo. Claro que tem mães que acham que o filho pode se machucar, que algum coleguinha pode bater e coisas assim. Eu também pensei nisso, mas tenho como pensamento principal: eu não estarei sempre perto da Maria Clara pra tudo, ela precisa aprender a se virar sem mim por perto, eu sei que ela ainda é nova, mas já pode ir aprendendo muita coisa desde já.
Na escola até hoje teve apenas um episodio em que o coleguinha “machucou” a Clarinha com um brinquedo, mas são coisas de criança e a escola tem toda a preparação para lidar com acontecimentos assim.
Bom, agora é só esperar as aulas voltarem para a rotina voltar também.

Tairine Vieira, 23 anos, mãe, curitibana, viciada em Grey’s Anatomy e ariana. Não tenho preconceitos com músicas, filmes ou qualquer coisa que seja. Acho que toda história (boa ou não) merece ser contada, por isso estou aqui. Certa vez analisaram minha caligrafia, e disseram que a letra não encosta na linha porque eu sonho demais, o que é verdade, afinal, pés no chão, não é comigo. Eu acredito que o ser humano é movido a paixões, amores e sonhos. Tenho um enorme defeito, rir de tudo que não posso e na hora errada. Costumo me dar ao luxo de passar os domingos de pijama vendo séries e filmes o dia todo. Sou fissurada em fotografias, e amo enxergar a simplicidade nos pequenos detalhes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design: Manu Scharam | Código: Sanyt Design | voltar ao topo